Category: Animais de Estimação (page 2 of 28)

Entenda como instruir seu cachorro a fazer xixi e cocô no local certo!

Você não consegue ensinar seu cão a fazer xixi e cocô no local certo ? Não é nada legal no momento em que você entra em sua residência e bate de frente com aquela mancha de xixi em seu carpete! Ao entrar no seu quarto olha aquele pequeno presente por cima da cama. Ou se lembra de que não é capaz de alterar a geladeira por outra nova, dado que ela é o alvo preferido na sua cozinha. Você não acha-se sozinho! Esse é um dos contratempos mais usuais entre os proprietários de cães. Todos eles se questionam: “ como instruir meu cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo ? ”

cachorro-fazendo-coco Olhe as dicas que destacamos para você neste texto! Conheça importantes informações sobre o comportamento dos cachorros que vão lhe ajudar a ensinar seu cão a fazer xixi e cocô no lugar certo.

Xixi e cocô no jornal ou no tapete higiênico?

Nos primeiros dias, seu cachorrinho nunca deve ficar livre por toda a casa. Tanto em consequência das dificuldades, quanto por causa da proteção do cão. Ele é um bebê. Imagine-o como uma criancinha que tem que brincar em um lugar fechado e não pode permanecer livre por todo o apartamento.

Depois que você determinar o espaço em que o filhote vai permanecer (área da cozinha, terraço, etc ), cubra todo o piso com jornal, sem deixar fissuras . O animalzinho tem que ter ambiente para fazer as necessidades, além de brincar e dormir. Lembre-se de trocar sempre as folhas de jornal porque o cachorro tem que sentir que as necessidades acham-se sendo absorvidas. Deixe-o aí por uma semana ( não remova, nem com vigilância). Brinque bastante com ele nesse espaço. Caso ele faça xixi e cocô, estará fazendo no local certo. Elogie toda vez que o vir fazendo xixi e cocô nas folhas de jornal. Faça farra e estimule.

Na segunda semana, tire uma folha do jornal ( do lugar onde ele escolheu para dormir ) e modifique por uma cama ( ou paninho ). Tire o jornal de onde ele se alimenta, deixando somente as tigelinhas. Prossiga com todo o resto do espaço forrado com o jornal. Vá reduzindo todo dia um pouquinho o resto do jornal. Se ele fizer no lugar correto, agrade o cachorrinho. Se ele fizer no lugar incorreto, volte o treinamento em um dia. Mantenha ele nesse espaço na 2ª semana também. Divirta-se com ele aí, leve as pessoas para vê-lo nesse espaço. Não se esqueça de deixar alguns brinquedinhos para ele.

Saiba dizer NÃO na hora que ver o cachorro fazer xixi e cocô no lugar incorreto

Na terceira semana, aguarde que ele coma, faça as necessidades e somente então deixe o cãozinho retirar-se . Caso ele comece a rodar cheirando o piso, ou a cada duas horas (o que vier primeiro ), retorne ele ao local com jornal. Somente deixe-o retirar-se depois de fazer as necessidades, ainda que pareça que ele não sinta mais vontade. Caso ele comece a fazer no lugar incorreto, diga NÃO! Segure-o e leve-o para o espaço escolhido para ele fazer xixi e cocô. Ele vai fazendo no percurso mesmo, pois ele não possui domínio total sobre as necessidades. Se ele terminar na folha de jornal, ainda que seja uma gotinha, elogie-o como se houvesse acertado. Se não, deixe-o preso até que realize as necessidades nas folhas de jornal.

Não brinque excessivamente com ele. Muitos cachorros, para não incomodar a diversão, prendem as necessidades até não aguentar mais. Por isso fazem xixi e cocô no lugar em que se encontram mesmo. Brinque muito com ele, mas recorde-se de parar ocasionalmente e prendê-lo na região do xixi e do cocô. O bicho é igual a uma criancinha, é você que tem que lembrá-la que é momento de ir ao banheiro. Também deixe o cachorro preso quando você não puder ficar supervisionando. Após algum tempo você vai notar que ele irá começar a procurar as folhas de jornal por conta própria. Elogie bastante toda vez que ele acertar.

Eliminar o jornal ou tapete higiênico

O barulho do jornal sendo despedaçado é tentador para um filhotinho. É bem comum que ele deseje se entreter despedaçando o jornal todo com as unhas e os dentes. Para acabar com esse costume, borrife um pouco de água no jornal e deixe-o umedecido. Desta maneira, ele não irá fazer ruído na ocasião que for despedaçado e seu animalzinho não vai ficar tentado a exterminá-lo. Para não deixar os papéis soltos, prenda com uma fita adesiva no chão sempre que for trocar.

O que não se deve fazer ao ensinar seu animalzinho a fazer xixi e cocô no lugar certo

cachorro-fazendo-necessidades Não se deve esfregar o focinho nas suas necessidades como xixi e cocô. Também não deve-se empregar o jornal para fazer barulho. Não é o jeito correto para adestrar seu cachorro. Temos que entender por qual motivo isso ocorre. Saber o que as necessidades fisiológicas representam para os cães.

O xixi para o filhote, tanto macho quanto fêmea, é somente uma essencialidade ( bem como para nós, seres humanos ). No entanto, ao longo dos dias, possui a tendência de tomar um papel de demarcação, coisa que ocorre mesmo com os cães castrados. Cachorros castrados inclusive podem fazer xixi no lugar errôneo. Não se trata de marcação territorial. É um aviso de “o meu banheiro é aqui ”, ou, “transitei por este lugar”. Nas cadelas esse hábito também pode surgir, o que não é muito complicado de achar. Desta forma, tanto quanto qualquer tipo de comportamento, fazer ou não xixi e cocô no lugar certo tem a ver com o grau de estímulo que o cão tem.

Caso ele seja filhote, tudo o que necessita é de um estímulo conveniente no momento certo. Se for um cão adulto, a orientação é igual, entretanto, com uma dose a mais de tolerância, afinal estamos falando de anos de péssimos costumes. Acreditem: esse é um dos inconvenientes mais simples de serem solucionados. O que o deixa dificultoso, em determinados episódios, é a falta de compromisso e calma do tutor com a tarefa.

Dicas para educar o cachorro a fazer xixi e cocô no lugar certo

– Acentue só o que você quer. A maioria das pessoas supõe que dar bronca funciona do jeito que elas aspiram. Na realidade, não. O xingamento é uma espécie de reforço que pode virar-se contra você. O cachorro é capaz de gerar entendimento e refletir: “Não devo fazer perto dele, mas posso fazer às escondidas ”. A maneira mais indicada de expor para ele que você não deseja que ele faça xixi e cocô no lugar incorreto é desprezando sempre que ele o fizer. Não diga absolutamente nada se ele não fizer xixi e cocô no local certo. Na ocasião em que ele fizer no local em que você gostaria, faça festa. Dê parabéns e ofereça até certo tipo de agrado.

– Deixe explícito em que parte você quer que ele as necessidades. No começo, evite assimilações complicadas. Seja objetivo com o que você deseja estimular. para ensinar o cachorro a fazer as necessidades no carpete higiênico, esparrame alguns ao longo da casa. Ao passo que ele for assimilando o que você quer, vá removendo gradualmente até que sobre somente o básico para ele. Se for no jardim, fique com ele do lado externo por poucos minutos. Realize isto diversas vezes por dia, até que ele entenda onde é para fazer as necessidades e tome gosto pelo local.

Cães não assimilam pressionados

Seja paciente e tranquilo na aplicação das duas sugestões acima. Cachorros não aprendem nada sob pressão. Muito menos sob descontrole emocional. Cuidado para não criar uma assimilação negativa com atitudes como: esfregar o focinho, dar palmadas ou xingar, isto pode apenas piorar o caso. Levar a uma coprofagia (ato de comer fezes ) e fazer as necessidades no local em que não se deve, somente quando você não se encontra, com o objetivo de atrair a atenção. Não se esqueça de que com machos não castrados a constância do xixi no local errôneo pode ser maior. Estimule o máximo que puder se não quiser esterilizá-lo. Se lembre que as possibilidades de fazer no local em que não se deve são maiores.

Artifícios para seu cachorro fazer xixi e cocô no lugar certo

Geralmente, os cachorros filhotinhos demoram por volta de uma a três semanas para aprenderem a fazer xixi e coco no lugar certo. Esse período estará diretamente ligado com o período que você e sua família possuem para gastar com estas atividades diariamente. É bastante significativo que todos os integrantes da família encontrem-se cientes dessas precauções, para que todos ajam da mesma forma. Dessa forma, o filhotinho irá aprender muito mais depressa! Calma, esforço e amor são as ferramentas para o êxito de qualquer treinamento!

Especialistas sugerem evitar carpetes na sua habitação à medida que seu cachorro estiver aprendendo a fazer xixi e cocô no local certo. É comum cães urinarem em locais com uma textura similar à grama ou terra. Eles fazem isso com o pensamento de que o xixi irá ser absorvido. Depois eles não vão pisar em cima da poça. Em uma casa, os carpetes seriam um lugarzinho ideal, não é? Por este motivo, determinados treinadores de cães recomendam que se remova totalmente os carpetes da habitação até que o cachorro memorize o lugar certo para fazer as necessidades. Vai atrapalhar um pouco sua ornamentação, entretanto pense, é por uma boa causa.

Utilizar o próprio xixi como mecanismo também é uma técnica. Quem diria que o próprio xixi do cão iria ser um bom antídoto contra o xixi no piso, não é verdade? Conforme especialistas, usar um jornal ou tapetinho já com xixi do seu cão irá fazê-lo entender, pelo aroma, que aquele é o local certo para fazer xixi e cocô. Isso irá ajudar bastante no processo de aprendizagem do animal. Com o passar do tempo, ele vai começar a relacionar o “banheiro” pelo lugar e não mais pelo cheiro. Nessa ocasião, pronto, já acha-se ensinado.

Veja seis ideias que escolhemos para auxiliar seu cachorro a fazer xixi e cocô no local certo:

 

 

    1. O lugar tem a necessidade de ser longe da refeição ou do lugar em que seu animal dorme. Eles certamente têm preferência por locais assim.

 

    1. Na ocasião em que ele começar a fazer suas necessidades no local certo, demonstre que ficou contente. Faça um carinho ou forneça um petisco. Esse reforço positivo vai lembrá-lo de fazer sempre no mesmo lugar.

 

    1. Evite esterelizar o xixi e o cocô do seu cachorro na frente dele. Isto pode fazer com que seu cachorro compreenda que assim ele chama sua atenção. Em vez de mudar o comportamento, ele irá continuar fazendo no lugar errado.

 

    1. Dê um nome para a atividade como “ir ao banheiro”, “fazer xixi”, “sair para andar ”. Isso irá ajudar o seu cachorro a aprender a ordem na ocasião em que levá-lo para fazer xixi e cocô no lugar certo.

 

    1. Se o intuito é que o cachorro faça fora de residência, você precisa deixar clara a diferenciação entre o que é interior e exterior da casa. Inúmeras pessoas simplesmente deixam a porta aberta julgando que o filhotinho terá acesso simples para fora de casa. Isso em si apenas pode causar outro empecilho, já que o filhotinho pode não reconhecer a separação entre as duas áreas. Quando seu filhotinho se encontra aprendendo a fazer xixi e cocô no local certo, e se esse lugar for alguma rua, é preferível deixar bem claro que existe a área interna de convívio e o lado de fora.

 

    1. Recompense o comportamento adequado. Cães amam ser elogiados e abençoados por seus donos. E eles somente entendem se alguma coisa está “correto ou errado”. Devido a isso é muito significativo que você mostre a ele que está alegre sempre que fizer xixi e cocô no local certo. Se certifique de recompensar o seu cachorro assim que ele terminar de fazer as necessidades no lugar certo. Você pode fazer isto de maneira verbal, com um elogio ou empregando um petisco. O objetivo é que o filhote ligue o fato de fazer o xixi e cocô no local correto com algo bem positivo.

 

 

Tenha rotina ao ensinar seu cão a fazer xixi e cocô no local certo

Determine alguns horários para levar seu cachorro para o “banheiro” e seja tolerante! Tente alimentar o seu filhote e conduzí-lo para o local nos mesmos horários todos os dias. Um dos enganos mais habituais das pessoas é dar só cinco, dez minutos para o cão e, logo, desistir. Caso faça um tempo que seu cãozinho não faz xixi ou cocô, possivelmente ele precisa fazer. Ele é capaz de encontrar-se somente muito distraído para adquirir.

Filhotinhos têm que ir ao banheiro a cada 1 ou 2 horas (dependendo da raça ), bem como 15 minutos depois de alimentar. Se acredita que ele tem que fazer xixi e cocô e ele ainda não conseguiu, não o deixe ficar livre na sua sala. O ideal é ficar com o seu cachorro preso na coleira próximo de você. Tente novamente uns dez ou vinte minutos depois.

A prevenção é a melhor forma de lidar com possíveis acidentes. Se o seu filhotinho estiver sujando a casa durante a noite, tente dar comida para ele mais cedo ou tirar a água depois das 19h (a menos que seja uma noite muito quente ).

Comece a instruir seu cachorro a fazer xixi e cocô em um local limitado

Cachorros adoram áreas pequenas e fechadas, pois se sentem seguros. Além de possuírem o seu próprio local para repousar. A área deve ser estreita, de forma que o seu cachorro não consiga sair de próximo da imundície se fizer xixi e cocô. Cães não amam se assentar na sua própria imundície, então ficam mais propensos a “segurar”.

Se a área for demasiadamente grande, podem meramente se mover de um canto para outro evitando a impureza. Seu espaço tem a necessidade de ser apenas grande o bastante para o seu cachorro levantar e se virar. O crate é uma ferramenta adequada para isto. Mas se você for contrário à sua utilização, um cercadinho ou sala estreita pode ser utilizado. O filhote deve conquistar a sua liberdade na residência.

 

Aprenda a lidar com acidentes ensinando seu cão a fazer xixi e cocô no local certo

Caso você pegue o seu filhote fazendo suas necessidades no local incorreto, fale “não”! Levante-o e coloque-o no local adequado. Você jamais deve gritar com o seu cachorro, mas apenas falar um “não” de forma firme. Se você gritar poderá assustá-lo e ele será capaz de ficar resistente em fazer suas necessidades.

Caso você se depare com um xixi ou cocô pela casa e não tiver visto o momento que seu filhote fez, não diga nada para ele. Simplesmente higienize e continue em frente. Os cães vivem na ocasião. Você não pode trazer o cachorro de volta para o local do acidente e aguardar que eles compreendam o que você quer dizer. Aprenda os sinais que mostram que o seu filhotinho está necessitando fazer xixi e cocô. A maioria dos cachorros cheira o piso antes de mijar e gira antes de fazer cocô.

Preste atenção no seu cãozinho e tente encontrar um parâmetro no comportamento dele antes dele fazer xixi e cocô. Se o seu filhote, acidentalmente, fizer as necessidades ao longo da casa, use um produto adequado para remover o aroma. Isso fará com que ele não queira dirigir-se no mesmo lugar mais uma vez. Existe uma diversidade de produtos enzimáticos para remoção de cheiros no mercado. Perceba bastante para que o produto tenha enzimas para quebrar o fedor. Vinagre branco também é eficiente e é capaz de ser empregado em pisos rígidos.

Prevenção é tudo ao educar um cachorro a fazer xixi e cocô no local certo

Resguardo é permanentemente o conveniente, e sucessivamente consideramos que nossos filhotinhos compreenderam um conceito antes deles realmente terem entendido. Recorde-se, mesmo logo após que o seu cachorro tiver aprendido a fazer xixi e cocô no local certo, ele vai continuar a, involuntariamente, fazer ao longo da casa. Filhotinhos distraem-se tranquilamente, e, ocasionalmente, apenas esquecem de fazer xixi e cocô no local certo, até que é tarde demais. Todo cão pode aprender, é somente uma questão de ser resistente, persistente e paciente!

No caso dos animais adultos, o vacilo pode ocorrer pois seu animal está tentando atrair sua atenção por falta de diversões e passeios ou também como um indicativo de problemas de saúde. Certos animais podem, por exemplo, desenvolver incontinência urinária e não são capazes de mais segurar o xixi até o cantinho do banheiro. Nestes casos, é preciso agendar uma consulta com um veterinário.

Como ensinar cães adultos a fazer xixi e cocô no local certo?

É fundamental que você ensine seu cão a fazer xixi e cocô no lugar certo desde o primeiro dia em sua residência. Isso vale tanto para os filhotinhos, quanto para aqueles que foram adotados já adultos . Não há limite de idade para ser instruído a usar o jornal ou o carpete higiênico! Cães mais velhos e até os idosos são capazes de ser educados para fazer xixi e cocô no local certo.

O cão adulto deve possuir hora para adormecer, se alimentar, brincar e, particularmente, para fazer xixi e cocô. Filhotinhos tendem a fazer xixi e defecar após comer. Cães adultos normalmente demoram de quinze a trinta minutos. Com cães adultos, o indicado é que você faça de quatro a cinco passeios por dia. O primeiro, logo pela manhã, precisa ser anterior a primeira refeição. Já os seguintes necessitam de contemplar o pós-refeição – cães adultos costumam urinar e defecar cerca de 15 a 30 minutos depois da alimentação.

Outra sugestão é castrar cães adultos. Ensinar um filhotinho a fazer xixi e cocô no local certo não é um animal de sete cabeças. Contudo adestrar um cachorro já adulto, acostumado à uma vida fundamentada em “xixi em qualquer lugar ”, pode ser uma tarefa árdua. Quando nenhuma das técnicas surtir bastante efeito, o indicado por cientistas é castrar o cão.

Os cães adultos têm este comportamento em função da marcação de território com a urina. Se ele for castrado, essa necessidade é amenizada do temperamento do animal. Especialistas ainda sugerem que, depois da castração, o dono do cão é capaz de ensiná-lo a fazer xixi e cocô no lugar certo. Ele deve utilizar, de novo, os mesmos procedimentos a fim de domesticar um filhote.

Eduque seu cachorro a fazer xixi e cocô fora da sua residência

cachorro-passeando Você pode eliminar uma grama amarelada e queimada e diminuir as probabilidades de pisar no cocô do seu cão caso você tenha um cachorro instruído para utilizar determinado local como “banheiro”. Se você conta com um filhote ou cão mais velho, treiná-lo a fazer xixi e cocô numa determinada área é relativamente fácil, contanto que você tenha paciência. Recorde-se, na ocasião em que você está ensinando seu cachorro em que local ele pode realizar as necessidades dele, você ainda se encontra ensinando em que local ele não pode.

Em uma habitação, a primeira etapa é delimitar obviamente o espaço que você deseja que ele use para fazer as necessidades. Depois de ter concebido o “banheiro” do seu cãozinho, leve-o em uma coleira diretamente da casa para esse lugar sempre que ele precisar fazer xixi e cocô. Você pode dar a ele um comando, como “vamos ao banheiro”, “vamos fazer xixi” ou “vamos passear”. Sempre que ele fizer, recompense-o carinhosamente.

Depois de algumas semanas conduzindo o cão na guia, tente seguir o animal doméstico sem a guia até o mesmo lugar. Se ele sair da rota e ficar procurando uma opção, bata palmas, chame a atenção dele e o direcione de novo para o “banheiro”. No momento em que ele for, parabenize-o.

Hora de tentar fazer xixi e cocô sem supervisão

Pois seu cão dominou o percurso até o banheiro escoltado, é hora de treiná-lo a fim de que ele vá sozinho. Quando der a hora de ele dirigir-se, abra a porta, dê a ordem, e deixe o cachorro ir sozinho. Se ele desviar da rota, vá até lá e corrija o animal verbalmente. Quando ele conseguir atingir a área determinada e fizer as necessidades dele, elogie e dê agrados positivos.

Ao praticar sua paciência e gratificando o desempenho positivo, você vai ter seu cão ensinado para ir num só local. Não seja desestimulado por empecilhos iniciais. Pode ser que você imagine que seu cachorro já assimilou, mas um encantador dia ele erra o local. Acontece. Não desanime nem se desespere. Estas ondas fazem parte do processo de aprendizagem e não irá demorar para que ele acerte 100% das vezes.

Veja sobre o hábito territorialista dos cachorros

Resultado de imagem para cachorros territorialistasCães que buscam conservar as pessoas ou outros cachorros afastados de sua propriedade costumam fazer isso porque estão apreensivos com o que estes humanos e bichos podem fazer contra eles ou sua família. Os cachorros territorialistas, certas vezes, desconfiam de pessoas estranhas e podem continuar ocultos, ou ficarem perto de um portão para morderem na ocasião em que um intruso estranho ou outro cachorro passarem bastante perto.

Por qual motivo os cachorros ficam de guarda?

comportamento-do-cachorro Um cão que não possui temor de indivíduos ou de outros cães não necessita manter essas pessoas e espécimes distante da moradia, quintal ou território que julga ser dele. Na grande maioria das ocasiões, cães instáveis e acanhados fazem isso. Há, ainda, um elemento genético com cachorros de algumas raças que são mais predispostos a serem territorialistas do que outras raças, ou mostram o comportamento mais violento.
As raças que tendem a ser territorialistas são as que foram criadas como cachorros de guarda (distintas espécies foram selecionadas para proteger coisas distintas, como pessoas, propriedades ou bandos). Determinadas outras espécies foram selecionadas pela reação e sensibilidade e são mais predispostas a usar a agressão no momento em que têm medo, como alguns Terriers, e, possivelmente, vão ser mais temíveis do que outros cachorros, como de raças do campo.
Já os cães que são encorajados a proteger a casa ou identificar intrusos vão ser muito mais predispostos a manifestar hostilidade. Como por exemplo, os cachorros que são instigados por seus donos a correr atrás de gatos no quintal possuem mais chances de se tornarem um perigo e podem ser bastante hostis caso peguem o gato.

Quais são as opções com um cão territorialista?

cachorro-territorialista Bem como nós, os cães têm um forte senso de território e eles são muito mais predispostos a ser agressivos quando alguma pessoa ou alguma coisa tentar atravessar o que o cão considera sua divisa territorial.
Se o seu cachorro é territorialmente agressivo com os demais, é melhor tratar o animal como se ele houvesse um distúrbio relacionado com o temor, mesmo se você não percebe este sentimento no seu parceiro de quatro patas.
Do ponto de vista de um cachorro territorial, os carteiros, entregadores de encomendas, entre outros indivíduos que passam pelo portão da residência dele estão ameaçando seu patrimônio e sua família. Por isso, o espécime vai fazer de tudo com a finalidade de preservar estas pessoas, tal como outros espécimes, isolados, mesmo que para isso precise utilizar da hostilidade.
Em determinadas nações, os donos de cachorros têm a obrigação por lei de oferecer um acesso seguro aos seus imóveis para o pessoal do correio. Mesmo que por aqui não exista lei que trate do tema, também é primordial que todos os proprietários de cães territorialistas tomem cuidado a fim de evitar qualquer imprevisto com indivíduos que façam entregas em suas casas, a fim de evitar infortúnios. Para isso, é fundamental assegurar-se de que as portas não estejam abertas e que o cachorro esteja preso.
Se o seu cachorro é territorialista e ofensivo, busque auxílio competente para solucionar o inconveniente.

Older posts Newer posts

© 2018 O GLOBO dos Animais

Theme by Anders NorenUp ↑