O Pet Labrador

O Pet Labrador

Em 1997, uma fêmea filhotinha de Labrador de cor chocolate, intitulada Buddy, veio a ser o primeiro Labrador Retriever a habitar na Casa Branca;
Pescadores criaram o Labrador Retriever com intenção de trabalhar puxando redes de pesca ou inclusive catando peixes que por ventura caíam do gancho;
O maior pulo de um Labrador é de oito metros;
É uma das raças prediletas para trabalhar como cães de serviço em razão de serem bastante inteligentes e flexíveis;
Um grande mergulhador, seu corpo é fantástico para a água. Tem membrana interdigital; rabo que se com o de uma Lontra, o ajudando a nadar de uma maneira mais rápida; pelagem ligeiramente oleosa o mantém aquecido, auxilia a flutuar e facilita na hora de enxugar;
O Labrador possui a boca mole, ou seja, se adestrado, ele seria capaz de levar um ovo sem trincar sua película;
É possível ter a presença das 3 colorações em uma só ninhada;
Ele pode chegar a vinte quilômetros por hora em três segundos;
Como o nome Terra Nova já havia sido adotado por outra espécie, o Labrador ganhou esse nome graças ao Mar do Labrador;
O Labrador Retriever foi levado para as terras inglesas, onde obteve as propriedades que são conhecidas até hoje;
O filme “Marley e Eu”, contou a história de um filhote desobediente de Labrador Retriever e seu prestígio sobre sua família. Marley foi representado por um Labrador chamado Jonah.

Origem e História do Cão da Espécie Labrador

O Labrador Retriever, ou simplesmente Labrador, é oriundo de Newfoundland ou Terra Nova, na costa oriental canadense, onde era colocado pelos pescadores para trazer as redes para a terra. Com a finalidade de evitar que fosse confundido com outra espécie da região, o Newfoundland (muito maior e mais pesado que o Labrador), era chamado somente de Labrador.
Das costas canadenses, foi introduzido na Inglaterra em torno de 1830, onde, devido a seu excelente olfato, obteve novas ocupações, sendo considerado ótimo como cão de caça. É um Retriever por natureza, ou seja, atua em dupla com o homem no decorrer das caçadas, aguardando o proprietário atirar na ave para posteriormente ir buscar com agilidade e devolver a ave ilesa para o proprietário. Para efetivar sua função o Labrador é preparado para vencer todo tipo de empecilho, seja em terra firme ou na água, onde, por ser um exímio nadador, se sai perfeitamente.

Aspectos Físicos do Cão Labrador

caracteristicas-fisicas-labrador O Labrador Retriever é uma espécie de tamanho médio a grande. O aspecto geral da espécie é de um cão vigoroso, curto e sólido, bastante operante, de lombo e traseira largos, de pelo baixo, aderente e sem franjas, com presença de um denso subpelo.
A cabeça do Labrador Retriever é extensa, o focinho forte, não pontudo, com stop definido e trufa ampla, com narinas bem amplas. Os olhos são de tamanho médio, demonstram audácia e ótimo temperamento, de coloração castanha ou avelã. A cauda, densa na base é outra pecularidade própria deste cão.
A pelagem é considerada um item significativo para a espécie. É uma pelagem curta, densa, sem oscilação, muito dura ao contato e manifesta um subpelo resistente à água. Pode ser totalmente escurecida, fígado (chocolate) ou dourada. Esta última pode oscilar entre o avermelhado e o amarelo. A pigmentação é invariável e não tem pintas ou manchas. Consoante o standard oficial da espécie, uma pequena pinta branca no peito é aceita.

Temperamento do Cão da Raça Labrador

Poucas espécies conquistam tanto sua fama como o Labrador Retriever. Devotado, obediente e amorável, o Labrador se dá bem com crianças, outros cães e animais domésticos. Ele pode ser um cachorro calmo dentro da habitação, um travesso no pátio e um forte cachorro do campo, tudo ao mesmo tempo. Ele possui bastante vontade de agradar, adora ser ensinado e se supera em disciplina. É uma espécie firme, que adora mergulhar e buscar coisas. Ele tem necessidade de estímulos diários para se manter entretido. Um Labrador entediado é capaz de entrar em complicações, como derrubar tudo o que se encontrar no caminho.
Leal e audacioso, o Labrador companheiro das crianças é um companheiro excessivamente deleitável. De modo geral ladra pouco e jamais se revela violento. Este cachorro necessita de ótimo adestramento, desde filhote, e que seja firme, mas não coercivo. Para possuir equilíbrio ele tem de fazer muito exercício a cada dia. O Labrador Retriever fez e ainda faz sucesso internacional consideravelmente. Continua entre as primeiras espécies na região da Grã- Bretanha, tal como nos Estados Unidos da América, e alcançou essa colocação na França nos últimos anos e é bastante difundido em território brasileiro.

Benefícios de se possuir um Cachorro da Raça Labrador

vantagens-labrador O Labrador é um perdigueiro por instinto e parte para cima sem fraquejar em águas geladas. Também sabe exercer uma procura calma e rastrear a caça com persistência. Inteligente e dócil, é provido de excepcional faro e é usado por policiais como cachorro de busca e, acima de tudo, como detector de drogas ou produtos inflamáveis.
Dócil, adorável e sossegado, o Labrador é um cachorro que não tem parecido. Pelas suas competências, eles são desenvolvidos, inclusive, para guiar pessoas com cegueira parcial ou completa. No trabalho fora da cidade, são particularmente velozes e robustos.
A melhor parte em relação a possuir um Labrador é que tem uma sucessão de formas divertidas que você pode fazer exercícios físicos e estimulação psíquico. Leve-o para entrar na água, instrua-o a correr do lado de sua bicicleta visto que ele está particularmente maduro entre 18 a 24 meses de vida, realize passeios ou se envolva em competições para cachorros como agilidade, desafio de obediência, rally, tracking, flyball, estilo livre. No entanto, é sempre uma excelente alternativa conferir com o veterinário antes de começar um novo plano de atividades físicas com seu cão.

Complicações normais ao Cão da Raça Labrador

Como enfermidades genéticas, os Labradores são pouco normais, entretanto em alguns casos são suscetíveis a problemas de anca e displasia de cotovelo, mesmo em casos de cachorros grandes. Em alguns casos, suprimentos normais são recomendados para os cães. Os Labradores podem sofrer riscos de distúrbios nos jarretes, como a luxação de patela.
Certos problemas oculares também podem aparecer, principalmente as intituladas atrofias progressivas de retina e catarata, distrofias na córnea e displasia na retina. Os cachorros que destinam-se a ser criados terão que ser observados por veterinários oculistas para examinar seus olhos.
Possivelmente, a única hereditariedade desse cão é a denominada Miopatia Herediátia que é uma moléstia singular que provoca uma deficiência do tipo de fibra muscular. Os indícios possivelmente incluirão um caminhar curto e, em casos mais excepcionais, o chamado enrijecimento do pescoço, junto também da postura cifólica.
É necessário que se conserve uma rotina de atividades físicas com o cão a fim de que ele não desenvolva a hipertermia, debilitação, colapso nervoso e desorientações depois de pequenas sessões de atividades.

Como tratar de um Cão da Raça Labrador

como-cuidar-labrador Labradores são cães dinâmicos e sociáveis. Ele necessita de exercícios diários, de preferência nadando e correndo com finalidade de pegar objetos. Caso você não tenha disponibilidade de caminhar, não cogite possuir um Labrador. Eles necessitam de muito exercício e 20 minutos de caminhada não são suficientes para atender isso.
Labradores adoram água! Donos de um Labrador que possuem piscina têm que manter uma área reservada só para ele ou se organizar para dividir a piscina com o cão. Seu pelo é impermeável, não umedece facilmente e necessita ser escovado para remover pelos quebrados. Labradores são mais contentes vivendo dentro da casa com seus familiares, não é o tipo de cachorro para ficar somente no pátio.
Labradores toleram muito bem temperaturas elevadas e baixas e não tendem a ter incômodos com calor ou frio. Eles são bem calmos e ficam deprimidos e tristes no momento em que alguém briga com eles ou na ocasião em que esbravejam. Um treino brando e assertivo vai fazer do seu labrador um cachorro alegre e estabilizado.
Todo Labrador tem tendência a engordar, então para evitar o excesso de gordura, sempre administre seu nível de comida. Ofereça a quantidade de ração aconselhada na caixa e nunca deixe comida com fartura, porque a raça come muito.

Filhotes de Cachorro da Raça Labrador

O Labrador ostenta vitalidade e está constantemente propenso a passatempos, principalmente as que relembram seu impulso caçador. É capaz de passar horas correndo sem parar atrás de uma bolinha atirada pelo dono e devolvendo com a mesma eficácia que teria caso fosse um pato selvagem. É um cão que carece de muito exercício, em particular porque a raça tem fortes inclinações ao excesso de peso.
Deve ser acostumado a guia desde cedo e, se possível, passar por treino de obediência. É um cachorro que ladra pouco e na maioria das vezes não estranha nem mesmo pessoas diferentes, sendo pouco recomendado como cachorro sentinela.
Bem como é dócil com as pessoas, o Labrador relaciona-se muito bem com outros cachorros e animais da casa.

O Pet Labrador
Avalie esta postagem