Golden Retriever – O essencial sobre

Golden Retriever – O essencial sobre

São bem delicados, inclusive pegando objetos e brinquedinhos;
Liberty foi um cachorro Golden Retriever que foi cedido à Susan, filha do presidente Gerald Ford. Este cachorro era companhia inseparável do presidente, também nadando em uma piscina do Camp David;
Possuindo muitas nuances de dourado, esta raça possui duas faixas de pelos, deixando o Golden Retriever bem revestido e protegido, inclusive, de temperaturas frias e climas úmidos;
Em uma ninhada, podem vir entre 6 e 8 filhotes;
Até o presidente dos EUA, Ronald Reagan, possuía um Golden Retriever;
Funcionam também como cães-guia, em tratamentos para pessoas doentes e em trabalhos na polícia e nos bombeiros;
Existem 3 tipos de Golden Retrievers que alternam em coloração e extensão, são eles: americano, britânico e canadense.

Origem e História do Golden Retriever

Em torno do século XIX, na Escócia, deu-se a origem do Golden Retriever. Era muito usual, entre a burguesia escocesa, um esporte de caça de aves selvagens, porém todos os cães que acompanhavam esses esportistas não eram eficientes em pegar os pássaros que eram abatidos, seja em terra firme ou na água. Como o esporte era praticado em regiões pantanosas, rodeadas por rios e lagos, os cachorros deveriam demonstrar competência para recuperar a caça tanto em terra quanto na água.
Foi então que os mais eficientes Spaniels e Cães D’Água foram acasalados com determinados Retrievers que tinham naquela localidade. Mais adiante, o produto destes cruzamentos resultou na criação da raça Golden Retriever como conhecemos hoje. A cruza original se deu entre um Retriever de cor amarelada e uma fêmea do extinto Tweed Water Spaniel, que era comum naquela região. Os filhotes que foram originados desta cruza foram a raiz de futuras espécies que viriam no futuro, como: Cão D’Água de São João (que foi a antecessora do Labrador Retriever), o Setter Irlândes e alguns diferentes Retrievers.
No ano de 1911, o Golden Retriever foi admitido pelo Kennel Clube Inglês, naquela época com o nome Retriever (Golden and Yellow), isto é (dourado e amarelo). Após 14 anos, esta raça também foi registrada nos Estados Unidos.

Atributos Físicos do Golden Retriever

goldenretriever Além de sua beleza, eles são carinhosos e bem simples de cuidar. Esta espécie possui orelhas diferentes de outros cachorros, elas são caídas e singulares, são um diferencial. Seus olhos são pretos e penetrantes, entretanto são fofinhos e caridosos.
O crânio do Golden é largo, o focinho potente, e as mandíbulas resistentes. Seu olhar doce mostra-se em uma coloração escura e muito separado. Sua orelha é curvada, com um formato triangular e tamanho mediano. Os membros são firmes. Seu quadril é curto, forte e vigoroso, sem contar que seu dorso possui uma forma reta. Suas patas são redondas e seus jarretes são muito angulares. A cauda implantada e mantida no nível do dorso, alcança o jarrete. Seu rabo não se apresenta enrolado nas extremidades.
Seu pelo tem um tamanho mediano e a sua coloração oscila entre a cor de ouro e o creme. É relevante constatar que a tonalidade dourada pode vir a ter diversas variações de acordo com cada cachorro. A escovação e a tosa é imprescindível no Golden Retriever, pois eles deixam vários pelos soltos por toda a casa. Outra coisa importante é constatar que seu pelo acumula muita impureza, então, se não for bem tratado, seu Golden pode vir a ter muitos distúrbios de pelo e pele.

Comportamento do Golden Retriever

Essa raça é completamente amiga, parceira e vai fazer o que estiver ao alcance para deixar o seu proprietário satisfeito. Ele vai fazer suas buscas esportivas também em apartamento e anseia por um dia no campo. Ignorar sua natureza ativa e sua poderosa constituição física pode levar a distúrbios comportamentais.
Trata-se de uma raça de cão amorável, simpática e confiante. Muito sociável, doce e carinhoso. Costuma aceitar carinho de qualquer pessoa, tanto dos mais próximos à família, quanto de pessoas estranhas, o que não faz do Golden um bom cão de guarda. Tem bastante vitalidade, energia e é muito divertido. Adora a companhia dos donos e são calmos com as crianças. Eles se dão bem com crianças, independente do tamanho e inclusive com outros animais, não fazendo distinção entre macho ou cadela, nem entre raças.
Todo dia o Golden precisa realizar alguma atividade física e mental. Possui a tendência de ser excessivamente agitado e seu entusiasmo pelas coisas o distrai facilmente no decurso do treino. Todavia, ele é louco para cativar e ama aprender. Os feitos de que o Golden é capaz em obediência competitiva são sensacionais.

Vantagens de se ter um Golden Retriever

goldenretriever Extremamente esperta, a raça pode aprender ordens e orientações com grande naturalidade e é precisamente por isso que é uma das mais empregadas em trabalhos da polícia e no suporte a portadores das mais diversas deficiências, sejam elas físicas ou mentais.
Esse cão não tem qualquer tipo de hostilidade ou agressividade, sendo, também, sociável com crianças e inclusive outros animais domésticos. O que essa raça mais precisa é de bastante espaço e bastante carinho.
São tão inteligentes que sabem quando o proprietário não quer que faça farra e barulho no apartamento, por exemplo. Recepcionam bem as visitas, pois têm um temperamento aprazível e muita serenidade. Eles também se relacionam tranquilamente com outras espécies ou animais domésticos.

Distúrbios normais ao Golden Retriever

Os Golden Retrievers são fortes, cheios de energia, adoram brincar e rastrear objetos, contudo, eles apresentam algumas tendências de problemas de saúde que devem ser muito bem cuidados para evitar que ocorra um quadro mais sério. Têm muita resistência a condições climáticas, seja quente demais ou muito fria, ou seja, não é preciso tantos cuidados especifícos para eles em condições climáticas extremas.
É uma pena que essa espécie apresente problemas de displasia, que atinge intensamente suas patas de trás, que pode levar seu cachorro, até mesmo, à cadeira de rodas, o que é bastante triste, visto que eles adoram se deslocar e brincar. A Catarata é outro distúrbio bem usual nos Goldens, levando-os à cegueira total ou parcial, precisando de métodos cirúrgicos. Um problema fatal é a CHD (Coronary Heart Disease), que também é muito comum nos Golden Retrievers.

Como tomar conta de um Golden Retriever

goldenretriever Mesmo que o Golden Retriever seja perfeitamente adaptado à vida em família, adora correr e é essencial levá-lo para passear a cada dia. Por ser muito ativo, o cão da espécie precisa ter lugares onde possa gastar sua energia. Caso não tenha uma vida mais ativa, o Golden pode deixar seu temperamento manso de lado e começar a ser ansioso, destrutivo e muito nervoso, também, ficando bastante deprimido.
Este cão se adequa em qualquer ambiente, mesmo em apartamentos, desde que extensos, então o adequado é ele possuir um local para poder se locomover com mais liberdade e que ele possa ser bem ativo.
Escove até 4 vezes semanalmente e dê banhos quinzenais no seu Golden. E banhe o seu filhote só após ele completar dois meses de vida.

Filhotinhos de Golden Retriever

Os filhotinhos da raça Golden Retriever são contentes, brincalhões e muito dinâmicos. Ficam sempre por perto, e amam correr e se divertir com os seus proprietários. Seu pelo não é liso quando ele é filhote, ele se assemelha mais a uma ovelha, além de possuir bastante energia. Travesso, desde cedo já revelar suas aptidões em seus divertimentos de “caça” e na espontaneidade do aprendizado de hábitos de higiene.
Para que se desenvolvam bem, não só física, porém emotivamente, os filhotinhos precisam de ser ensinados desde filhotes. Por causa de sua inteligência e enorme desejo de agradar aos proprietários, os filhotes respondem muito bem às aulas de adestramento, o que é bastante indicado, uma vez que os filhotes de Golden são capazes de ser bastante agitados e é imprescindível gastar a energia deles a fim de que não se tornem destrutivos.

Golden Retriever – O essencial sobre
Avalie esta postagem